Header AD

A História do Meu Carro: Depois de 12 anos abandonado, Chevette é restaurado do zero


E ai apaixonados por motores, tudo certo? Estamos começando aqui no Motores Mania, o quadro A História do Meu Carro. Onde o objetivo é contar a história de incríveis automóveis com seus donos.  Com isso hoje trazemos para vocês a história do Rafael Manchini da cidade de Londrina/PR e seu Chevette 1980. 

Essa história começou em meados de 2013, quando Rafael estava voltando do colégio e 2 Chevrolets Opalas, um amarelo e outro laranja, passou por ele fazendo bastante barulho. Onde mesmo ele estando de fone ouvindo suas músicas conseguiu ouvi-los. Surgia ali a paixão do nosso entrevistado por veículos antigos.

A partir daquele momento o Opala virou o seu sonho de consumo, principalmente o modelo dos veículos que havia visto naquele dia. O Opala SS Tigrado.

Com isso o tempo foi passando e Rafael foi juntando dinheiro com o objetivo de comprar o seu tão sonhado Opala. Aos 17 anos, com uma certa quantia já de dinheiro em mãos começou a procurar por automóveis do modelo a venda. Mas infelizmente os bons eram muito acima do seu orçamento. 

Na época o pai de nosso entrevistado ficou bem bravo por ele querer comprar um carro velho. Então fez sua cabeça para que comprasse um Chevrolet Chevette 1980 que estava bem destruído. Dizendo que se fosse comprar uma lata velha, iria comprar uma que ele já teve. 

Então no dia 26 de outubro de 2015, data que Rafael Manchini não esquece, foi buscar junto a seu pai, o Chevette que estava a 12 anos jogado ao tempo. Esse carro pertencia a um senhor, que por motivos de saúde havia parado de andar com o veículo.



O carro foi comprado numa quarta-feira e no sábado o automóvel já estava no fundo da empresa de seus pais para o começo da restauração. Na época chamou seu vizinho que era mecânico, pois não tinha experiência nenhuma com carros, para começar a desmontagem do Chevette.

No mesmo sábado foi desmontado do automóvel o motor, o câmbio e o diferencial. E no domingo o resto das peças foram retiradas do veículo. 

Esse processo de desmontagem e montagem do veículo durou de 4 a 5 meses, tempo o bastante para Rafael tirar a sua carteira de motorista. 

Nosso entrevistado nos contou que quando já estava se recuperando financeiramente para começar a pintura e a tapeçaria do carro, um dos clientes da empresa de seus pais bateu no Chevette, fazendo um pequeno amassado na porta do motorista. Nos disse também que naquele dia chorou durante uns 30 minutos e jurou que ficou 1 semana entrando pela porta do passageiro para não olhar a porta amassada. Isso fez com ele levasse o mais rápido possível o automóvel para a funilaria. Encontrou um funileiro que pediu um valor que cabia em seu bolso e não demoraria tanto para entregar o serviço. Ele contou para nós que ficou  2 meses na fila de espera e mais 2 meses pra fazer a pintura completa do carro, pois mesmo precisou fazer a troca dos assoalhos, arrumar alguns podres e recuperar a porta. 





Da funilaria o carro foi direto para a tapeçaria onde foi feito tudo novo. Bancos, carpete, teto e outros detalhes. Este serviço durou em torno de  2 semanas. Saindo de lá o Chevette seguiu para uma loja especializada em colocação de vidros. Com isso Rafael já aproveitou para instalar alguns itens a mais, como vidros elétricos, trava e alarme. 

Exatamente no dia 11 de outubro de 2016, outra data que nosso entrevistado não esquece, o seu carro estava pronto. 



Passou um ano andando com o veículo original, mas como todo entusiasta, sentia seu carro muito fraco. Então colocou um carburador 2E, e segundo ele o carro se tornou outro. Ficou com o veículo assim por mais um ano e no final de 2018 conseguiu colocar o tão sonhado carburador Weber 40. E com toda essa brincadeira de colocar esse carburador, tirou o cabeçote com o objetivo de melhorar os dutos, trocou os comandos de válvulas, entre outras coisas.




Hoje Rafael agradece muito a seu pai por não deixar ele comprar um opala, mas mesmo assim disse que um dia ainda comprará um, mas com toda certeza não venderá o seu meu chevette 


A História do Meu Carro: Depois de 12 anos abandonado, Chevette é restaurado do zero A História do Meu Carro: Depois de 12 anos abandonado, Chevette é restaurado do zero Reviewed by Motores Mania on 11:14 Rating: 5

Post AD