Táxi e Uber, os dois lados de cada serviço - Motores Mania

Últimas notícias

Home Top Ad

Anuncie aqui

10/10/2016

Táxi e Uber, os dois lados de cada serviço


      A intenção não é criar um racha entre Uber e Taxi, é apenas mostrar o que está sendo oferecido a quem utiliza esse tipo de transporte". Milhares de taxistas têm protestado em todo o Brasil contra o Uber, serviço de transporte alternativo criado em 2009 e que ganhou força em vários pontos do país. Quem se opõe ao aplicativo argumenta que a atividade é ilegal e defende que o serviço seja proibido. Já a empresa diz oferecer um novo modo de se locomover na cidade e propõe a diminuição de trânsito e o aumento de empregos. Há alguns pontos divergentes entre o transporte público do particular. A bandeirada do táxi e no Uber, forma de pagamento, entre outros. Os veículos entre os dois serviços também podem ser diferentes.

Impostos vinculados ao veículo
     
     Os Táxis são isentos do pagamento de IPVA e ISS pelos governos federal e municipal, além da isenção de IPI e ICMS na troca do veículo. No Uber Paga o preço cheio do carro na hora da compra e o IPVA, sem o desconto de IPI e ICMS.

Documentação do motorista

      O motorista precisa ter a CNH de categoria “B” e um cadastro que habilita o cidadão a exercer a atividade de taxista, as taxas podem variar de cidade para cidade. Para pedir esse cadastro o candidato deverá concluir curso específico que também pode variar entre as cidades, o cadastro deve ser renovado a cada cinco anos ou juntamente com a renovação da CNH. No Uber para se cadastrar no aplicativo, é necessário ter CNH com autorização para exercer atividade remunerada (EAR) e passar por uma checagem de informações e antecedentes criminais, não sendo necessário qualquer curso técnico para a função. É exigido ainda que o veículo tenha seguro que cubra o passageiro e o motorista.

Remuneração

     No Táxi o valor recebido pela corrida é 100% do taxista, porém quando o veículo pertence a uma empresa, é feito um pagamento de diária pelo frotista à companhia. No UberBlack o motorista fica com 80% do valor da viajem e 20% fica com a UBER.
Veículos
    Para os Táxi não há um padrão geral, algumas cidades procedem uma padronização local como tamanho do veículo, capacidade de carga e passageiros, cilindrada de motor, envelopamento nos carros, etc. No UBER a exigência de veículos sedan de luxo, na cor preta, com ar condicionado e bancos de couro, já criam algumas variações como cor e em um modalidade podendo ser até veículo compacto, porém o ar condicionado e quatro portas continua sendo indispensável.

Tarifas e Taxas

     Tanto no Táxi quanto no Uber há variação de bandeiras e tarifas entre cada cidade, porém no UBER há um valor de bandeira e outro por minuto onde poderá ficar mais caro que o táxi nos horários de pico no trânsito em virtude da demora na viajem. No Táxi há uma taxa na corrida quando se viaja para outro município e no Uber há uma taxa de cancelamento.

Serviços adicionais

     No táxi não há exigência, porém com a chegada do Uber alguns motoristas por critério próprio decidem oferecer serviços adicionais ou gentilezas inerentes ao próprio motorista. No Uber como há um feedback do usuário do sistema alguns motoristas têm em seus carros água mineral e outros mimos como doces e balas por exemplo.

Forma de pagamento

     No Táxi é possível pagar com dinheiro, cartão de débito ou crédito caso o motorista ofereça o serviço. No Uber a única opção de pagamento é com cartão de crédito. Porém existe a opção de dividir o pagamento da corrida com um amigo que também seja cadastrado no aplicativo em caso de compartilhamento do carro.

    Vendo como há diferenças entre esses serviços, e que o Uber está ganhando cada vez mais espaço no Brasil, a concorrência irá forçar o serviço de Táxi a evoluir aprimorando no atendimento inclusive utilizando aplicativos de smartfones como 99taxis, Supertaxi, Up Táxi entre outros.

Fonte: Revista Carro Mais

Pages