O carro ferveu? - Motores Mania

Últimas notícias

Home Top Ad

Anuncie aqui

08/06/2016

O carro ferveu?


     O radiador é responsável por resfriar a água que circula pelo motor, evitando que ele ultrapasse a temperatura ideal (90º C). Defeitos na válvula termostática e na ventoinha podem fazer essa água ferver e danificar a junta ou empenar o cabeçote, ou mesmo fundir o motor. Saiba como evitar o desastre.

PRIMEIROS MOMENTOS 

     Está saindo vapor pelo capô? Pare o carro com segurança e desligue o motor. Se não puder parar, ligue o ar quente na potência máxima. O que aquece o ar é a água do motor. Se você liga o ar quente, força a troca do calor com o ar, resfriando a água. Isso também pode ser feito como paliativo quando o indicador acusa temperatura acima do normal.

ABERTURA 

     Abra o capô para arejar o motor, mas com cuidado para não se queimar com o vapor. Espere 50 minutos para retirar a tampa do reservatório do radiador. Afinal, a água está muito quente e sob pressão. Além disso, adicionar água fria em um motor superaquecido poderá danificá-lo.

FALHA NO MOTOR 

     Se houver líquido suficiente no reservatório, o superaquecimento pode ter sido causado por problema elétrico ou mecânico. Chame o reboque ou acione o seguro. Pode haver obstrução nos dutos onde o líquido deveria percorrer, ou a ventoinha talvez esteja com defeito.

MOTOR SECO

     Se você parou o carro por causa do alerta no painel, e não pela fumaça, provavelmente o problema foi falta de líquido. Deixe o motor esfriar naturalmente por cerca de meia hora e complete com água, excepcionalmente, até encontrar um mecânico. Fique atento ao termostato e, enquanto isso, não deixe o carro ferver.

SEM TROPICALIZAÇÃO 

     O defeito pode não estar no carro, mas sim no calor. Carros importados, principalmente dos anos 1990, têm mais chances de superaquecer. Isso ocorre por não terem passado por um bom processo de tropicalização.

Fonte: Revista Carro Mais


Pages